quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

E.book: LETRAMENTO INFORMACIONAL: PESQUISA, REFLEXÂO E APRENDIZAGEM

O E-book intitulado " LETRAMENTO INFORMACIONAL: PESQUISA, REFLEXÃO E APRENDIZAGEM" encontra-se em fase de editoração. A previsão é disponibilizá-lo para livre acesso em março de 2012 . Aliás, estudiosos, educadores, bibliotecários, estudantes e interessados pelo tema "letramento informacional" poderão acessar e baixar o conteúdo sem custo. A ideia é compartilhar o conhecimento!!! A linguagem é acessível aos vários tipos de leitores. Utiliza-se um resumão - "pontos importantes" - ao final de cada capítulo para melhorar a compreensão do texto.
O capítulo 1 apresenta breve retrospectiva da origem do termo letramento. Em seguida, elabora-se o arcabouço conceitual do letramento informacional e conceitos inter-relacionados, com o objetivo de estabelecer uma terminologia mais rigorosa dos fenômenos, eventos e elementos estudados. Após delinear o arcabouço conceitual, traça-se breve panorama da educação na sociedade contemporânea e a importância do letramento nesse contexto.
O segundo capítulo aborda o letramento informacional e a aprendizagem, versando sobre os conceitos de aprendizagem e as relações com o pensamento reflexivo, a experiência, a busca e
o uso da informação.
O terceiro capítulo trata das questões práticas da implementação do letramento informacional na educação básica, considerando o pensamento reflexivo como instrumento de aprendizagem
significativa. Os projetos de trabalhos são recursos sugeridos para desenvolver a reflexão e abordar os procedimentos de pesquisas de forma contextualizada. Em seguida, a título de exemplificação, apresenta-se proposta dos conteúdos de busca e uso da informação divididos por anos/séries na educação básica. Por fim, discutem-se os principais desafios para implementação do letramento informacional na educação.
O quarto capítulo analisa os resultados da pesquisa realizada com aprendizes de mestrado e doutorado de três grandes universidades brasileiras, delineando um mapa das competências informacionais desses pesquisadores em comparação com os padrões de competências sugeridos
pela Association of College and Research Library (ACRL/USA) e descrevendo o cenário atualizado da pesquisa no ensino superior.
No quinto capítulo, discute-se o papel dos “infoeducadores” e das bibliotecas como Centro de
Recursos de Aprendizagem e integradas ao processo pedagógico. Por fim, apresentam-se sugestões e recomendações gerais sobre a implementação do letramento informacional nas escolas.
A obra não pretende esgotar todas as discussões sobre os processos de pesquisa, reflexão e letramento informacional na educação básica e no ensino superior, mas proporciona subsídios importantes para a compreensão da questão.
Vejam o esboço do SUMÁRIO

CAPÍTULO 1 Arcabouço do Letramento Informacional e contexto educacional
Aspectos históricos do letramento informacional
Emergência do information literacy
Delineamento do conceito de letramento e termos relacionados
Literacia, Letramento e alfabetização Informacional
Competências e habilidades informacionais
Por um arcabouço conceitual de Letramento Informacional
Desempenho e qualidade da educação no Brasil e a perspectiva do letramento informacional Práticas de pesquisas no contexto educacional
PONTOS IMPORTANTES

CAPÍTULO 2 Letramento informacional e aprendizagem
Aprendizagem: Pensamento reflexivo, experiência, a busca e o uso da informação
Origens do pensamento reflexivo.
O pensamento reflexivo na perspectiva deweyana
O problema de ensinar a pensar
Considerações lógicas
O treino do pensamento
O papel da experiência na busca e no uso da informação
Experiência: ressignificando o conceito
Experiência e aprendizagem
PONTOS IMPORTANTES

CAPÍTULO 3 Desafios do letramento informacional na educação básica
Implementação do letramento informacional
Projetos de trabalho e o desenvolvimento do pensamento reflexivo
Conteúdos do letramento informacional na educação básica
Proposta de conteúdos de letramento informacional – Educação básica
Fundamental Desafios do letramento informacional na Educação Básica
Dificuldade em mudar a cultura pedagógica
Formação inadequada dos professores
Concepção de ensino-aprendizagem
Organização do currículo
Ausência de infraestrutura adequada de informação
PONTOS IMPORTANTES

CAPÍTULO 4 Letramento informacional e ensino superior
Letramento informacional no Ensino Superior
Experiências e sentimentos: a pesquisa na educação básica
Vivências com pesquisas na graduação
Competências empregadas na busca da informação na comunicação científica
Competências empregadas no uso da informação na comunicação científica
Habilidades para buscar e usar a informação na pós-graduação
Entre o real e o ideal
Panorama do letramento informacional na Educação Superior
PONTOS IMPORTANTES
CAPÍTULO 5 O papel da biblioteca e dos “infoeducadores” no letramento
informacional

Formação dos infoeducadores
Bibliotecas – Do paradigma do acesso ao paradigma da integração pedagógica
A GUISA DE CONCLUSÃO
BIBLIOGRAFIA
INFORMAÇÕES SOBRE A AUTORA
APENDICE A – Padrões de competência de letramento
informacional para o Ensino Superior propostos pela Association of College and Research Library (ACRL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário